O seguro do seu carro está caro? A culpa pode ser do modelo do carro
ISM Seguros
4 de agosto de 2016
Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInEmail this to someone
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Na hora de cotar um seguro para automóveis, as seguradoras recorrem a todas as informações possíveis, desde alguns dados estatísticos à renda familiar do segurado. A localidade onde ele mora, os trajetos que costuma realizar, tudo será avaliado, mas um fator importante também dirá muito sobre o valor total do seguro: o modelo do carro.

Na hora de cotar seguro auto em São Paulo, que já costuma ser um dos mais caros, avalie com mais de uma seguradora as propostas, ainda mais se você for comprar um carro utilitário. Eles costumam ser mais caros, pois ficam expostos por mais tempo. Os carros que usam Diesel também são mais caros, já que o motor pode ser usado para diversas finalidades.

Alguns carros são bem visados pelos ladrões apenas porque existe um grande número do mesmo modelo em circulação. O Gol e o Fiat Uno costumam serem alguns dos mais roubados, apesar deles não estarem no topo em relação à frota. No entanto, o Fiat Punto oferece um alto índice de roubo, e como suas peças não são encontradas facilmente nas concessionárias – o que encarece o custo, eles acabam sendo bem visados.

Antes de pesquisar o seguro de carro, avalie a relação entre os roubos e a frota – e não apenas o número de roubos. Se você acha que o problema está nos carros novos, os antigos também dão certa dor de cabeça. Os modelos que já saíram de linha tem as peças mais caras, o que ajuda a elevar a porcentagem de roubo.

Os modelos antigos também oferecem um seguro para carros alto, já que o custo do reparo será maior. Se a sua preocupação estava apenas em morar na zona leste ou norte e o preço do seguro devido a localidade, leve em consideração também o modelo e ano do seu veículo.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.